Z


Pai,
novembro 17, 2009, 4:46 am
Filed under: Cartas, Desabafos

Não sei se só queria saber se está tudo bem, ou se queria ouvir tua voz…
Não sei quanto tempo se passou, ou se o tempo parou…
Não sei como cheguei até aqui, aos trancos e barrancos fui deixando migalhas nas esquinas…
Acho que queria e quero abrir meu coração, mas não temos tempo, por telefone é muito frio, mas sou vulnerável ao pessoalmente…

Espero que ande lendo meu blog, espero que tenha o endereço…
Ou espero que alguem com quem tenha contato esteja lendo…

 

Concordo que aqui seja muito público, por isso o tom enigmático…
Mas creio que entenderás…

 

Saiba que não sentes falta sozinho, também sinto! Saiba que não me amas sem retorno, embora às vezes eu não consiga deixar claro! Saiba que apesar de tu teres te rendido, eu ainda penso em um jeito para que um dia possamos ser, novamente, AMIGOS!

 

Viva com amor.

Anúncios

Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: