Z


Da minha espera ninguém sabe
janeiro 31, 2012, 6:30 am
Filed under: Uncategorized

Não espero rever-te tão cedo
Nem tampouco tarde,
Pois saíste da minha cama em segredo
Sem fazer nenhum alarde



Red
janeiro 28, 2012, 1:14 am
Filed under: Uncategorized

You made me whisper
all I used to keep down deeper;
Even though your rare eye light doesn’t shine any near
I still want you in my atmosphere;
So – even if it’s lie – promise you’ll come back
leaving me with no lack



Cadê?
janeiro 22, 2012, 8:39 pm
Filed under: Uncategorized

Onde está tua voz, que não preenchendo meus ouvidos?
Onde estão tuas mãos, que não me envolvendo?
Onde estão teus carinhos, que não me embalando?
Onde estás, que não aqui?

Não és mais um desejo meu, mas ainda és algo que meu coração perdeu!



I can’t make you love me, when you don’t!
janeiro 3, 2012, 2:15 am
Filed under: Uncategorized

Não se importe se, no meio de mil beijos de amor, encontrares um de despedida… Ele não está sozinho, pois ele foi beijado outras mil vezes na minha memória.