Z


Minhas ondas no teu suspiro
agosto 15, 2012, 4:13 pm
Filed under: Uncategorized

Fujo do som da porta batida
Busco no olhar do outro
tudo que não encontrei pelo caminho
Traço rotas, desviando o que me é afável
Enfrento a porta fechada,
a criança em desespero,
que chora querendo mais
Medito a procura do esquecimento
Navego, perene, sem o menor sinal de cais
pois, sou marinheiro, e é do mar que me alimento.

Anúncios

1 Comentário so far
Deixe um comentário

Adorei, minha filhota!
Você sempre se superando! Parabéns! Bjos da Mamys

Comentário por Lurdinha




Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: